Adolescente de 16 anos é suspeito de agressão contra filho de 8 meses


Um adolescente de 16 anos é suspeitos e agressão e maus tratos contra o próprio filho, um bebê de 8 meses. A mãe da criança, de 14 anos, é considerada cúmplice pela polícia de Trindade, região metropolitana de Goiânia-GO, local onde a denúncia foi feita e os jovens encaminhados à delegacia. É o que afirma uma publicação do jornal ‘O Estado de São Paulo’.
De acordo com o periódico, a delegada Renata Costa, da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais, relatou que o jovem alegou em sua defesa um aperto mais firme para evitar uma queda como causa das marcas no pescoço do bebê. Ele estaria com as mãos ensaboadas e quando a criança escorregou. A mãe inicialmente teria dito que não estava em casa, depois mudou o depoimento para defender o companheiro.
A publicação ressalta que o exame no Instituto Médico Legal (IML) apontou lesão leve no pescoço, mas não constatou mordidas. Frisou que uma médica constatou quadro de desnutrição e pneumonia, que no entendimento da delegada não são relacionados a maus tratos, mas ao fato de serem “duas crianças cuidando de uma terceira”.
O texto ainda afirma que o bebê ficará sob cuidados de um abrigo em Trindade enquanto a polícia tomará novos depoimentos e receberá outros laudos, o que fará o caso ser encaminhado à Justiça. A denúncia foi feita pela avó do bebê.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..