Combate ao racismo no Brasil é tema da redação da segunda aplicação do Enem


Os alunos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que estão se submetendo aos testes neste domingo (4), farão uma redação cujo tema é Caminhos para combater o racismo no Brasil. Pelas regras do Enem, o texto deve ser dissertativo-argumentativo contendo, no máximo, 30 linhas, desenvolvido a partir de uma situação-problema e de argumentos oferecidos sob a forma de textos motivadores.
Para auxiliar a produção dos participantes, a proposta de redação traz quatro textos motivadores: um sobre a condição do homem negro, o segundo relacionado a um artigo de lei que tipifica o preconceito de raça ou de cor como crime, o terceiro uma peça publicitária que distingue o racismo de injúria racial, e, por último, uma definição acerca do que são ações afirmativas.
Para terem direito à avaliação da redação, o Enem considera que o texto dissertativo-argumentativo dos alunos precisa ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista sobre determinado assunto, com a opinião do autor sendo fundamentada com explicações e argumentos. O texto é dissertativo porque disserta sobre um assunto, descreve-o e explica-o. É também argumentativo porque defende uma opinião e tenta convencer e cativar o leitor com argumentos.
Com informações do Inep.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..