Ex-secretária da prefeitura de Petrolina se entrega à polícia


A ex-secretária de Planejamento e Urbanismo da Prefeitura de Petrolina e ex-gestora da Usina de Projetos da cidade, Marlize Mainardes, se entregou à Polícia Civil de Pernambuco (PC-PE) na tarde desta quarta-feira (28). Ela é um dos alvos da ‘Operação Imhotep’, desencadeada ontem (27) no município de Goiana, na zona da nata norte do estado, e em Petrolina. A operação investiga crimes contra a administração pública, lei de licitações e falsidade ideológica. Segundo informações, Marlize disse que só falará em juízo. Ela foi encaminhada à Colônia Penal Feminina do Recife.
A PC-PE apresentou, na manhã de hoje, os detalhes sobre da Operação Imhotep, que investigou seis pessoas e, em sua deflagração, cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Goiana e  Petrolina. Segundo a PC-PE, durante as investigações ficou constatada a participação de servidores comissionados da prefeitura de Goiana, empresários, dois arquitetos e um engenheiro.
Ainda segundo a PC-PE, além de Marlize Mainardes, dois arquitetos da prefeitura de Petrolina – Marie Gabrielli Alves de Souza Mendes e Adjair Costa Leite Junior – também fazem parte da organização criminosa.
Ainda segundo a Polícia, mais de R$ 200 mil foram movimentados pelo esquema criminoso na prefeitura de Goiana. Cheques, documentos, computadores e outros objetos foram apreendidos nas casas dos investigados. Eles responderão pelos crimes contra administração pública, fraudes em licitação, falsidade ideologia, organização criminosa e corrupção passiva. O Blog não conseguiu contato com os citados na investigação. O balanço da operação pode ser conferido acessando aqui. (foto/reprodução)

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..