Vereadores de Petrolina aprovam lei que proíbe dupla função para motorista de ônibus, e a passagem vai aumentar de R$3,20 para R$4,00


A Câmara de Vereadores de Petrolina aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Nº 064/2016 que proíbe o motorista de ônibus exercer função de cobrador (dupla função) no Município de Petrolina.
A proibição prevista na matéria abrange todos os modelos de veículos, sejam ônibus convencionais, ou micro-ônibus, com uma ou duas portas, de qualquer tipo de linha.
A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA), deverá de acordo com o projeto fiscalizar e autuar as empresas que descumprirem ou cometerem as irregularidades contrários a matéria.
As empresas manterão em cada veículo, um profissional qualificado para exercer as funções de cobrança de passagem, controle de bilhetagem eletrônica e liberação de catraca.
As empresas têm um prazo de três meses para providenciar a adaptação de seus veículos e de seu quadro pessoal às normas estabelecidas na Lei do vereador Geraldo da Acerola.
Os advogados da Casa Plínio Amorim consideram o Projeto inconstitucional por se tratar de leis trabalhistas. Além desse motivo, o vereador Pérsio Antunes se absteve da votação e soltou o verbo mencionando que alguns líderes comunitários tentam confundir a opinião da população, a favor da matéria.
“Cabe as empresas de ônibus readaptar as funções e quem sabe colocar os motoristas em outras atividades. Várias cidades não tem cobrador. Não sou eu quem vai obrigar empresa de ônibus a colocar cobrador. O vereador do PT não sabe estudar leis, nem constituição, isso é ilegal porque não posso gerar despesa para você pagar. Em Janeiro a passagem vai aumentar de R$3,20 para R$4,00 e depois vão dizer que eu tinha razão em considerar esse projeto inconstitucional”, disparou Pérsio Antunes.
“Estou feliz pela aprovação do projeto e o vereador Pérsio Antunes precisa respeitar essa decisão. Essa justificativa de Pérsio não convence, nós jé temos uma das passagens mais caras do país e agora vamos aguardar a resposta do prefeito em sancionar o projeto, foi uma vitória porque após meses engavetado, a categoria se sente agradecida pela aprovação da matéria”, frisa o autor do projeto, Geraldo da Acerola.
Só frisando, foram 13 votos a favor do projeto e 1 abstenção do vereador Pérsio Antunes. A possibilidade é de que o prefeito de Petrolina possa vetar o projeto, que aguarda ser sancionado ou não pelo gestor municipal.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

3 De sua opinião, participe!

De sua opinião, participe!
15 de dezembro de 2016 18:53 delete

Obrigação da empresa de transporte ter um cobrador e um motorista! Então quer dizer que o motorista de ônibus pode cobrar dirigindo enquanto o motorista de carro não pode atender o telefone enquanto dirige? Faça-me o favor. Ambos estão errados.
E sobre o aumento, extinguir a dupla função do motorista não cabe como deculpa, as linhas foram reduzidas, a qualidade dos ônibus é deplorável e o descaso continua sendo grande juntamente com a exploração que é grande ao trabalhador e estudante que utilizam do transporte público.
indignação.

Reply
avatar
15 de dezembro de 2016 19:26 delete

Estão realmente querendo lascar com o bolso das pessoas.
Acho muito errado isso do motorista ocupar duas funções ao mesmo tempo. Só acho que deveriam almentar os ônibus em todos os bairros,colocar conbradores(que era muito melhor do que agora)
Até porque com isso de colocar motorista pra fazer as duas funções ao mesmo tempo,so presta pra atrasar e demorar mais nas paradas de ônibus. Enquanto ao aumento da passagem de ônibus eu acho isso um absurdo imenso. Se continuar assim ninguém mais vai andar de ônibus,e assim muitos empresas de ônibus vao a falência por falta de passageiros. CLARO obrvio que ninguém é louco de pagar isso tudo de passagem neh? Ate porque ninguém acha dinheiro no lixo não,e muito menos vão pagar 4,00 reais pra andar em uns ônibus de má qualidade neh?
Ohh meu povo vamos parar de querer ganhar demais em cima dos outros e vamos ser dignos,porque isso tudo é coisa de gente que quer,tirar o de comer de quem precisa. Quatro reias dar pra muito coisa se fomos raciocínar.
Repessem que isso tá feio pra vocês,feio não,ta horrível.

Reply
avatar
gil
17 de dezembro de 2016 10:10 delete

Os meios não justificam os fins.

Reply
avatar

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..