Vereadores ingnoram clamor da população e atendem ordem da Setranvasf


Hoje dia 13 de Dezembro, os vereadores de Petrolina, mostraram que não estão nem ai para o clamor do povo, em mais um dia de decisões importantes na câmara de Vereadores de Petrolina, os vereadores simplesmente "Arregaram" e a sessão  só durou aproximadamente 5 minutos, para ser encerrada pelo presidente Osório Siqueira.
Apenas cinco vereadores estavam presentes na tribuna, com isso, a  votação no projeto que proíbe as empresas de transporte coletivo de Petrolina, de incumbir aos motoristas a atribuição simultânea de motorista e cobrador de passagens, teve que ser adiado. 

Esse Projeto veio para amenizar um drama vivido pelos trabalhadores, motoristas e cobradores. Cobradores porque são demitidos e motorista porque é obrigado a ter uma dupla função ganhando o mesmo salário. E mesmo que ganhasse mais, a condição o faz estressado, doente. Então, esse projeto visa trazer dignidade para o motorista, emprego para o cobrador e segurança para o passageiro.

Vereador de Petrolina faltar sessão já virou costume, mas o que ficou estranho é que a maioria dos vereadores estavam " escondidos " em seus gabinetes, e não foram para tribuna de proposito, para que a votação do projeto não fosse realizada.
Pois minutos antes da sessão iniciar o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf), envio uma carta ordenando que os vereadores não votassem no projeto de lei. 
Para obedecer a ordem da Setranvasf os vereadores dissidiram ficar em seus gabinetes até o encerramento da sessão por falta de quórum. 

Logo depois a sessão ser encerrada, todos os vereadores apareceram na tribuna, para participarem de uma entrega de Título de Cidadão Petrolinense e Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan. 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..