13 meses sem Beatriz: Buzinaço mobiliza Petrolina e Juazeiro para alertar que caso não será esquecido


Em mais um ato em busca de solução para um crime tão brutal e sem respostas, uma carreata foi realizada neste sábado, (21), em Petrolina e Juazeiro, após 13 meses do Caso Beatriz.
Com o apoio do Grupo de Caminhoneiros Verdureiros do Vale do São Francisco, de longe as pessoas eram mobilizadas com buzinaços que sinalizavam que, a busca por justiça continua.
A ruas foram tomadas por dezenas de caminhões, carros, pedestres, paredões e incentivos de quem mesmo passava por perto, acreditava e tem esperanças no desfecho do caso.
A saída do grupo aconteceu em um posto de combustíveis de Juazeiro e seguiu até o local do crime no Colégio Auxiliadora, onde cartazes, crianças e momentos de fé fizeram parte do encerramento do ato.
“Não vamos cansar de pedir justiça, nós iremos até o fim”, disse Lucinha Mota, Mãe de Beatriz.
“A solidariedade e participação popular nos emocionam e nos dão forças para continuar lutando por dias melhores.
Tá muito difícil continuar sem nossa princesa. Não adianta tentar nos calar ou dizer que isso será esquecido porque não vamos deixar de buscar respostas e justiça nunca.”, acredita o Pai de Beatriz, Sandro Romilton.
“Continuaremos nossa jornada em pedir apoios e buscar recursos para que esse crime brutal e covarde seja solucionado. Estamos lutando contra a impunidade e o Vale do São Francisco também nos abraça nessa caminhada”, complementa Sandro.
Blog Edenevaldo Alves 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..