Após ser ameaçado de morte, jovem petrolinense busca justiça contra acusação de estupro viralizada em redes sociais



Bartolomeu do Nascimento Neto, conhecido popularmente como “Junior”, está vivendo momentos de terror após ter sua imagem associada à de um homem que aparece num vídeo estuprando uma criança de cerca de 4 anos de idade. Nas imagens divulgadas nas redes socais, segundo Bartolomeu, o homem que aparece molestando a criança tem deficiência nos membros inferiores, o que comprova que não é ele.
O absurdo é tão grande que nem pernas ele tem, e o braço dele é perfeito. Já eu tenho as duas pernas e cirurgia no braço. Já fiz dois Boletins de Ocorrência, fiz um vídeo de defesa e publiquei nas redes sociais e procurei a imprensa para ajudar a provar que eu não sou aquela pessoa”, relatou, em entrevista a este Blog.
De acordo com Bartolomeu, a polícia lhe orientou a conseguir mais provas. “A polícia me orientou a descobrir a fonte que divulgou a conversa no grupo [de WhatsApp]. Eu consegui quatro [contatos] e entreguei na delegacia. As pessoas serão intimadas a depor e vão ter que dizer de onde começou tudo isso”, explicou.
Bartolomeu ficou sabendo do vídeo na última terça-feira (17), mas o caso viralizou e tomou outra dimensão, agora envolvendo sua família. Ele contou que pessoas conhecidas em outros estados já estão sabendo do caso e disseram que, junto ao vídeo, além de sua imagem, colocaram a foto de sua ex-companheira e de seus filhos menores de idade. Ela também foi à Delegacia prestar queixa.
Eu temo pela minha vida e dos meus filhos. Estou dentro de casa, tenho medo de sair. Estou de férias do trabalho, mas a situação é horrível. Eu não estou vivendo e já fui ameaçado de morte pelos grupo de WhatsApp. Eu espero encontrar essa pessoa que fez isso. Ela vai ter que pagar e dizer por qual motivo fez isso. A justiça vai ser feita e eu quero que ela faça uma retratação pública e diga porque fez. Eu quero liberdade, para poder andar normal na rua, sem medo de ser morto”, concluiu, pedindo para que as pessoas não compartilhem o vídeo do criminoso, e sim o que ele aparece se defendendo.

Blog do Carlos Britto

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

1 De sua opinião, participe!:

De sua opinião, participe!
20 de janeiro de 2017 12:18 delete

Tenho 3 filhos 2 meninos e uma menina ! O video é monstruoso nao sei o que leve uma Pessoa a tamanho absurdo tem que matar um infeliz desse que pratica esse tipo de crime contra crianças . Porém no vídeo e perceptível que não se trata do rapaz acusado vejam aparece parte do lábio inferior que deixar claro não se trata do rapaz da foto, que a justiça seja feita e esse infeliz tenho uma ótima recepção no presídio.

Reply
avatar

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..