Nova Semente é alvo de investigações da Polícia Federal e Ministério Público desde 2009, diz vereador


A redução de sementeiras do Nova Semente e a manutenção da gratuidade do Programa, levaram o vereador Ronaldo Souza a soltar o verbo em relação ao que ele chama de irregularidades do projeto que atende milhares de crianças, em Petrolina.
“O Nova Semente é alvo de investigações da Polícia Federal e Ministério Público desde quando foi criado em 2009 e estão sendo analisadas inúmeras irregularidades. É preciso avaliar alguns princípios do Nova Semente. O prefeito sacrificou no passado o interior, a rede básica de saúde e agora Miguel Coelho vai inovar. Essas medidas das demissões de sementeiras são salutares para manter a governabilidade e as investigações em relação ao Programa continuam”, disse Ronaldo Souza.
Questionado sobre quais pontos estão sendo investigados do Programa, Ronaldo Cancão inclui desvio de verba, superfaturamento, entre outros.
“É uma série de irregularidades. Desvio de dinheiro, superfaturamento e eu tenho um relatório do Ministério Público do Estado de Pernambuco que relata tudo isso. São mais de 3.500 páginas tramitando no Tribunal de Justiça, já em ação para ser julgada como criminal. O Nova Semente entrou na investigação da polícia por apresentar equívocos, envolvendo recursos federais. Tenho certeza que a punição à antiga gestão não irá demorar”, disparou o vereador.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..