"O prefeito Miguel inicia sua gestão tendo como primeiro ato a deselegância" dispara vereador Paulo Valgueiro


O vereador Paulo Valgueiro (PMDB) criticou o gesto do prefeito de Petrolina (PE), Miguel Coelho (PSB), em permitir que a música “Arruma a mala aí” fosse tocada no som oficial da solenidade. O parlamentar afirmou que o primeiro ato de Miguel como prefeito foi a deselegância, já que faltou respeito com o ex-prefeito Júlio Lossio (PMDB) durante a cerimônia.
Confira a nota
O ex-prefeito Julio Lossio agiu com muita elegância ao receber o Prefeito Miguel Coelho para a transmissão do cargo, cumprindo com nobreza o seu dever cívico.
Na saída do prefeito que deixa o cargo, manifestações populares de aprovação e desaprovação fazem parte do processo. De fato, não é fácil controlar as reações apaixonadas da população. Mas o que não deveria fazer parte da solenidade foi a deselegância do Prefeito Miguel Coelho ao permitir que o carro de som utilizado pelo seu cerimonial tocasse uma música hostilizando o ex-prefeito e a sua família no momento em que deixavam o local.
A famigerada música “Arruma a mala aí” foi tocada no carro de som oficial da transmissão de cargo, mostrando uma total falta de respeito à liturgia do momento. Não foi bonito, não foi engraçado, não foi cortês, não foi necessário. Ao contrário, o deselegante ato só demonstrou os sentimentos de revanchismo, de falta de educação, de animosidade, que não deveriam compor a equipe que chega para administrar a nossa Petrolina.
Contrariando o seu discurso de palanques desarmados, o prefeito Miguel inicia sua gestão tendo como primeiro ato a deselegância. Caso diga que não foi responsável pelo fato, o prefeito inicia o seu governo sem a capacidade de comandar os seus auxiliares. Só nos resta torcer para que seja apenas deselegância. Que Miguel saiba administrar com destreza e liderança os destinos do povo de Petrolina.
Paulo Valgueiro
Vereador PMDB

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..