Advogada é presa suspeita de aplicar mais de 50 golpes em Petrolina


Policiais Civis da 26ª Delegacia Seccional de Petrolina, através da equipe Malhas da Lei ,cumpriram nesta quarta-feira (15), no campo universitário, Condomínio Sol Nascente, etapa I, em Petrolina, mandado de prisão (Foto ao Lado), em nome da advogada Graciane Coelho de Macedo pelo crime de apropriação indébita.
Segundo informações repassadas por mais de 100 leitores do Blog e pela polícia, a mesma vinha lesando diversos clientes na cidade de Petrolina, desde o ano de 2010, acumulando patrimônio considerável e residindo em casa de luxo.
São vários crimes atribuídos a advogada, desde apropriação indébita, estelionatos ,fraude processual e patrocínio infiel.
A prisão da suspeita foi decretada após  representação do Delegado de Polícia Daniel Moreira e decretada pelo Juiz da 1ª’ Vara Criminal de Petrolina, Dr. Elder Muniz.
Dentre os golpes aplicados pela acusada, no ano de 2015 recebemos diversas denúncias envolvendo a advogada. Um dos casos, foi registrado na delegacia de Policia de Petrolina um boletim de ocorrência, contra a advogada Graciane Coelho de Macedo.
Na época uma vítima de nome Adriana Maria Novaes Almeida relatou ao Blog que a  advogada tem uma procuração sua desde o ano 2012, para uma ação judicial contra a Empresa Viva Ambiental e Serviços Ltda, ação que a justiça lhe deu ganho de causa, obrigando a referida empresa a pagar uma indenização que ultrapassa R$ 34 mil reais.
Segundo Adriana Novaes, a advogada sacou sua indenização indevidamente não repassando para a mesma, que por várias vezes tentou receber mais sem sucesso.
Outras vítimas de golpes praticados por Graciane Coelho de Macedo não quiserem ser identificadas, mas relatam prejuízos por causas conquistadas na justiça em que a advogada guardava o dinheiro deixando os clientes na mão.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

1 De sua opinião, participe!:

De sua opinião, participe!

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..