Homem é aprovado em processo seletivo em Petrolina, mas é demitido por ser irmão do vereador


O vereador Domingos de Cristália denunciou no plenário da Câmara Plínio Amorim, um fato ao qual considerou estranho. Segundo o parlamentar, o irmão dele, João Coelho de Alencar, apesar de ter sido aprovado no processo seletivo para o cargo de motorista da prefeitura de Petrolina foi demitido por ser irmão do vereador.
“Ele passou na prova e foi chamado para trabalhar, e na quarta, 22, João foi convocado a comparecer ao setor pessoal para ser demitido sob a justificativa de ser irmão do vereador Domingos de Cristália”, afirmou o vereador.
Domingos de Cristália disse ainda que tem certeza que a demissão de seu irmão que foi contratado e trabalhou por 10 dias como motorista da Escola Municipal João Rodrigues de Macedo, não foi determinada pelo prefeito Miguel Coelho.
“Mas me entristece muito saber que a perseguição de Petrolina vem acompanhando o Novo Tempo. O Novo Tempo que o município elegeu senhores vereadores, não foi esse. Não são com essas promessas de enganar o povo de Petrolina que vão conseguir convencer as pessoas que estão no rumo certo não”, pontuou o vereador Domingos de Cristália.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..