Jovem esquece vidro de carro aberto no carnaval de Petrolina, e encontra apenas um bilhete


Um relato do jovem Igor Bezerra, sobre uma situação vivida no carnaval de Petrolina já ganhou as redes sociais. O fato acontece no último sábado. Igor deixou o vidro do carro aberto e quando voltou não encontrou suas coisas, apenas um bilhete. Confira na integra:
“Boa noite. Ontem vivi uma grande história, que julgo que merece ser compartilhada entre meus amigos de Facebook. Estava eu ontem no carnaval de Petrolina Pernambuco, e deixei meu carro estacionado numa daquelas ruas paralelas à orla. Mais precisamente, a última delas antes de chegar na própria orla.
Por volta das 2 e 20, mais ou menos, retornei ao local onde deixei o carro, para poder ir embora. Chegando lá, encontrei meu carro com o vidro dianteiro do passageiro abaixado, provavelmente, quando travei as portas, tal vidro não subiu, e eu esqueci de verificar. Fui ficando logo pensando no pior.
Quando abri a porta do motorista, encontrei esse bilhete aí da foto, e verifiquei que todos os meus pertences que havia deixado, tinham sumido. Óculos escuros novo, celular, 2 camisas, comida, documentos do carro, perfume. Enfim, tudo tinha sumido. Primeira coisa que pensei: “ladrão infeliz, me roubou e ainda deixa um bilhete tirando onda da minha cara”. E fui para casa, todo triste.
Chegando em minha casa, percebi que meus pais estavam acordados. Estranhei. Quando entro na sala, minha mãe falou que ligou para mim e quem atendeu foi um cara que não era eu. Dizendo a seguinte coisa: “oi, sou Fulano, moro aqui em juazeiro e estava no carnaval de Petrolina com minha namorada e minha mãe. Meu carro estava atrás do carro do seu filho.
Quando fomos embora, percebemos que o vidro estava abaixado, então, retiramos tudo e deixamos um bilhete, para que nao roubassem as coisas dele”. Fiquei assustado quando ouvi aquilo. Ainda pensei “será que não é mais um golpe, ou o cara querendo fazer outro assalto, sei lá”. Resolvi dormir e ligar no outro dia. Quando foi hoje a tarde, falei com o rapaz e ele falou para eu esperar na igreja católica do centro de juazeiro.
Chamei dois amigos meus, Jota Souza e Conrado Guerra, para caso fosse alguma emboscada, estivesse eu com mais alguém. E eles, gentilmente, foram comigo. Chegando no local, toda uma tensão para saber se realmente isso era verdade ou a gente tinha entrado numa fria pesada. Kkkkkkkkkk. Pouco minutos depois, ele chegou, com a namorada e a mãe no carro. Me devolverem absolutamente tudo o que eu tinha. Eu ofereci uma quantia como recompensa, e os 3, prontamente, recusaram.
Eu ainda argumentei “aceitem, vcs me livraram de um prejuízo enorme”. E, para o meu choque e espanto, a mãe do rapaz respondeu “de jeito nenhum, vá e faça isso por outra pessoa”. Sai de lá maravilhado como a gente ainda encontra pessoas honestas. Lembro que quando eu tinha 15 anos, achei uma conta de luz, enrolada com 75 reais. Na conta, tinha o endereço da pessoa. Imediatamente fui atrás e devolvi.
Talvez a ação tenha voltado para mim hoje. Devemos sempre plantar coisas boas e devemos sempre sermos da maneira que nós gostaríamos que o mundo fosse. Presenciei u.a atitude nobre, linda demais hoje. Que hajam mais “fulanos” como esse. Só assim, o mundo se tornará um lugar melhor.”

iVale News 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

1 De sua opinião, participe!:

De sua opinião, participe!
6 de março de 2017 13:54 delete

Vi essa reportagem ontem na record,achei bacana a atitude do rapaz, parabéns.

Reply
avatar

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..