O nome de Jair Bolsonaro cresce em Petrolina e alunos prestam homenagem ao pré-candidato a presidência


Após alunos da Escola Antonio Padilha na cidade de Petrolina/PE, tirarem uma foto onde mostram todo o seu apoio ao pré-candidato à presidente da república, o deputado federal e Capitão do Exército Jair Messias Bolsonaro, recentemente apontado como estando em segundo lugar nas pesquisas para o pleito presidencial em 2018 alunos de outra escola resolveram mostrar todo seu apoio.

Estampando frases como: #olavotemrazão,#direitadovale e claro Bolsonaro 2018, os alunos ainda homenagearam o professor e filósofo brasileiro Olavo de Carvalho, bem como o grupo direitista Direita do Vale. 

Olavo de Carvalho é de longe o mais influente filósofo brasileiro de todos os tempos, tem residência fixa na Virginia (EUA) e é um terror para todo o pensamento socialista-revolucionário no mundo.


Os alunos da Escola de Aplicação da Universidade de Pernambuco em Petrolina mostraram seu apoio para o pré-candidato Jair Messias Bolsonaro. Nas fotos os alunos batem continência em frente ao quadro para onde esta escrito "Bolsonaro 2018". Os jovens são representantes da Direita no Vale e informaram porque apoiam o "Mito" como é conhecido.
"Apoiamos ele pelo fato dele ter os mesmos interesses políticos, econômicos, sociais q nós Como por exemplo: Punições mais duras pra quem comete delitos (principalmente pra estupradores, assaltantes, políticos corruptos...), redução da maioridade penal, redução de impostos... O movimento de direita tem crescido bastante no Brasil, e aqui no Vale do São Francisco não é diferente. Porém os "esquerdistas" ficam nos atingindo com discursos de ódio e repressão, como aconteceu em uma reunião nossa para debater um pouco e tirar dúvidas sobre o movimento de direita e sobre o candidato que apoiamos mas apareceram no local onde estávamos e nos agrediram verbalmente e quase fisicamente militantes de esquerda. Uma jovem que estava conosco ficou ferida na perna por conta deles que arremessaram pedras e ovos contra nós. Por sorte um policial a paisana nos amparou no local, pois os militantes de esquerda começaram a se armar com toras de madeira e um dos meus colegas disse que viu um deles com um revólver na mão
O policial que estava à paisana e acompanhado da esposa, efetuou um disparo para o alto a fim de dispersar os militantes
E ele foi atrás do indivíduo que supostamente estava armado, mas infelizmente eles conseguiram fugir
Essa foto é para mandar uma "resposta" para a esquerda, de que nós, os jovens, não somos como eles" declarou o Jovem estudante Darlan Araujo.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..