Pernambuco teve média de 15 pessoas assassinadas por dia em janeiro de 2017



Nos 31 dias do mês de janeiro deste ano, Pernambuco teve 479 homicídios registrados pela Secretaria de Defesa Social (SDS), número que equivale a 10,69% do total registrado em 2016 todo. Ainda em janeiro, 70 assassinatos foram registrados somente no Recife, número que corresponde a 10,63% dos 658 casos de Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLI) registrados no ano passado na capital pernambucana. As estatísticas foram divulgadas nesta quarta (15), no novo modelo do banco de dados da pasta.

Ainda de acordo com a SDS, 136 homicídios foram registrados na Região Metropolitana do Recife no mesmo mês. O interior do estado concentra o maior número de ocorrências e somou, ao longo de janeiro, 273 casos de homicídios dolosos, latrocínios ou lesões corporais seguidas de morte.

Na série anual, foram contabilizados 4.479 homicídios no estado em 2016, o número mais alto desde o ano de 2009. Desse total, 658 ocorreram na capital pernambucana e outros 1.229 foram registrados no Grande Recife.

Os números da violência em Pernambuco estão disponíveis para consulta pública no site da SDS. No endereço, é possível pesquisar os indicadores mensais e a série histórica anual. Há, ainda, informações organizadas por município ou por regiões do estado. Os dados de cada mês, segundo a pasta, serão publicados até o dia 15 do mês seguinte.

Segundo a SDS, o aumento do policiamento ostensivo é uma das ações para minimizar as estatísticas de homicídios, assim como a resolutividade dos inquéritos. Preocupado com o crescimento dessas estatísticas, o governador Paulo Câmara convocou, na segunda (13), prefeitos das cidades do Grande Recife para discutir alternativas para ‘salvar’ o programa Pacto Pela Vida, que busca conter o número de homicídios no estado.

Roubos e furtos de celulares; Apesar de ter menor gravidade em relação aos homicídios, os números de roubos e furtos de celulares no estado também cresceram em 2016. De acordo com estatísticas da SDS, as investidas de criminosos buscando os aparelhos subiram 47% no ano passado. No país, o aumento de roubos de celulares foi de quase 50% no mesmo período.


(Via: G1 PE)

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..