Vereador da oposição de Petrolina, manda retirar equipamentos de unidade do Nova Semente Izacolândia, e gestora fica indignada


Revoltada contra a atitude do vereador de Petrolina, Domingos de Cristália, que mandou esvaziar a unidade do Programa Nova Semente de Izacolândia, zona rural da cidade, a gestora Jadna Eugênia teceu duras críticas ao vereador. Entre outras coisas, ela afirma que Domingos “traiu” a confiança das famílias da comunidade.
Confiram:
Venho externar minha indignação a uma atitude de um vereador representante do povo, em saquear um prédio público. O mesmo ordenou que retirasse, entre outros, até os canos de distribuição de água, luminárias, pias etc. Coisas pequenas que outrora era de serventia da sociedade civil. Domingos de Cristália vive ainda a ilusão e faz menção às sementeiras que ficaram, dizendo que “2020 vem aí”, na intenção de retomar o controle dos prédios públicos de Izacolândia.
Ele precisa descer do palanque e trabalhar para o povo que o elegeu, e não fazer conta de coisas pequenas. Nós entendemos que aquilo que se doa para a comunidade passa a ser patrimônio natural público. Sou educadora formada em Pedagogia, e estou perplexa com um ato de um homem que parece viver na Idade da Pedra, sem humildade, sem conhecimento.
Um legislador que agora deveria assumir o seu posto, enquanto vereador de uma cidade tão importante como Petrolina. Fui eleitora dele, por achar que o mesmo teria maturidade para gerir os problemas da sociedade civil, criar projetos que diminuam a aflição e amenizem os problemas sociais, que são tantos. O mesmo vereador se apequena em punir a sociedade civil, por questões partidárias.
Aqui, nessa tribuna popular eletrônica, venho ao mesmo informar que ali são pertences das crianças, aquelas: filhos dos pais de famílias que a ele confiaram o voto de representante legítimo da comunidade. Informo ainda que não vamos combatê-los com as mesmas armas, mas vamos nos unir para construir aquilo que é de nossas crianças. Vereador, nós, sociedade civil, te deixaremos livre para que o mesmo retire tudo aquilo que você doou para as novas sementes e hoje o mesmo retribui o nosso carinho das urnas, em punir nossas crianças por um simples extinto de poder.
Agora temos a certeza que as vossas boas ações do passado eram massa de manobra para chegar ao poder, que não é hereditário e sim passageiro.
Jadna Eugênia/Gestora do Nova Semente

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..