Aumento nas passagens de ônibus em Petrolina, mais uma "escorregada" do governo Lossio


O aumento da tarifa para o transporte coletivo em Petrolina, que entrou em vigor no domingo (19), foi decidido desde o ano passado em uma planilha apresentada pela Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) e aprovada pelo Conselho Municipal de Transportes do município. Só que não entrou em vigor, até dezembro de 2016 pela falta de coragem do prefeito Julio Lossio (PMDB). Ele achava que conceder o aumento poderia representar desgaste para sua administração.
Lossio, aliás, sempre fugiu de discutir o transporte coletivo da cidade com a coragem que o tema merecia, com medo da repercussão negativa.
É o mesmo medo que o atual prefeito não pode ter. O transporte público de Petrolina sofre por falta de uma política pública séria e profissional.
Esse Blog já disse que as empresas trabalham no vermelho por que todo Sistema é deficitário e nada inteligente.
Está na hora de tratar esse problema com determinação e profissionalismo. Sem medos. Cortar vantagens, rever linhas, melhorar vias e reinventar o Sistema que trabalha de forma amadora e a reboque de “conveniências políticas” ou interesses pessoais.
O prefeito Miguel Coelho anunciou, durante a campanha política, que vai licitar o sistema de transporte para rever arrecadação, quilometragem, coleta de passageiros, entre outras providências para o setor. Ele disse ao Blog que já começou as tratativas para contratação de empresa para elaborar essa nova licitação.
Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..