Comunitário denuncia desvio de água de adutora na zona rural de Petrolina


Os moradores das comunidades de Ponta da Serra e Poço da Aroeira, zona rural de Petrolina, enfrentam dificuldades com o abastecimento de água da adutora que abastece as localidades da região.
Seu Francisco Edvaldo Pereira, conhecido como “Dé”, que tem uma roça na comunidade, procurou este Blog para informar que a distribuição de água é controlada por um morador da localidade.
As comunidades teriam duas adutoras, mas um morador da comunidade transformou a água em comércio. Ele está beneficiando apenas as terras dele, deixando os moradores sem água“, denuncia.
Seu Dé afirma que, até o final de 2016, os moradores recebiam água normalmente, mas hoje é liberado o abastecimento apenas quando o morador que controla a adutora quer. “Só ele está se beneficiando. É um ditador. Inclusive está ameaçando o povo“, conta.
A maioria está utilizando carros-pipa, pagando 80 reais. A água só dura uma semana“, afirma Dé, dizendo que, após a redução da oferta de água, os moradores ficaram sem condições de manter seus plantios. Com a palavra, as autoridades responsáveis.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..