Empresário critica o não cumprimento da lei dos 15 minutos nas filas dos bancos em Petrolina


O empresário do ramo de alimentos em Casa Nova-BA, Juscelino Coelho, acionou a nossa equipe, que se deslocou até ao Banco Bradesco  Ag 3101 na Avenida Dom Vital. O usuário manifestou a sua indignação com o descumprimento da “Lei dos 15 minutos” que vigora no município de Petrolina desde 2004  amparada pela lei federal e não é cumprida pelo sistema bancário.
Segundo o empresário, a sua chegada ocorreu às 11h20 da manhã na agência, e o atendido só veio a ser realizado às 15h00, o que comprometeu o seu tempo pra resolver outras demandas de sua loja. “Os bancos não tem compromisso com a população e com quem gera empregos na região. A Câmara Municipal de Petrolina e o Ministério Público Federal precisam tomar as medidas para resolver esse desmando com a sociedade”, comentou.
Juscelino, que mora em Santana do Sobrado, recorreu a Petrolina para resolver seus movimentos bancários em função de Casa Nova não ter um atendimento humanizado. “Aqui no Bradesco a gente não consegue utilizar um banheiro e ainda tem que ficar mais de 2 horas sem atendimento. Fiquei decepcionado”, finalizou.
Blog do Banana

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..