Obra da avenida Cardoso de Sá, em Petrolina, desperdiçou mais de R$ 1 milhão dos cofres públicos


A obra de mobilidade urbana da Avenida Cardoso de Sá, em Petrolina, desperdiçou mais de R$ 1 milhão dos cofres públicos municipais. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade da cidade, Coronel Heitor Leite Coronel Leite já foi realizado um diagnóstico no local e a obra está perdida.
“Não se aproveita! A colocação do meio fio que limita a pista, dos ciclistas e pedestres, além de ter sido colocada invertida, pois há aproximadamente 4km colocado de forma irregular, não tem espaço adequado que possibilite as máquinas colocarem o asfalto na via. É um trabalho que está perdido.”, declarou Leite.
Segundo o secretário, um novo projeto deve ser implementado, onde será feito um calçamento do Monumento do Centenário no Trevo passando pela frente do Batalhão e chegando até a Facape, o qual ofereça inclusive mobilidade pra quem tem deficiência de locomoção, e só assim, depois de reparada a via, pode-se colocar para funcionar a iluminação instalada no local, que não pode ser inaugurada pela ausência do asfalto.
Coronel Leite acredita que a obra seja realizada ainda no primeiro semestre desse ano.
Mobilidade Urbana
A obra da gestão passada estava orçada em mais de R$ 1 milhão e visava a melhoria da mobilidade urbana e iluminação pública na Avenida Cardoso de Sá, que compreende o trecho entre o Monumento do Centenário no Trevo até a estrada do Balneário das Pedrinhas. O projeto pretendia garantir equipamentos de ciclovia, acostamento, canteiro central com iluminação, pista de caminhada, parada de ônibus e redutores de velocidade.
Respostas
Diante de tanto desperdício de recurso público, queremos saber quem fiscaliza esses elefantes brancos? Quem paga a conta no final? Cadê o Ministério Público? Os representantes do povo na Casa Plínio Amorim? 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..