Leitora reclama de atendimento em posto de saúde do bairro João de Deus



A leitora do Blog, Bela Rosa, escreveu para a redação indignada, pois segundo ela, foi se vacinar no posto de saúde do bairro João de Deus, zona oeste de Petrolina, e não realizou o procedimento. Segundo a leitora, o atendente teria anotado a data errada no retorno ao posto e não a vacinou, alegando que seria o dia seguinte.
Bela Rosa frisou que não tinha como voltar ao posto novamente e que só faltou implorar para que fosse aplicada a injeção, porque no dia seguinte, ela teria que trabalhar e estudar, não tendo como retornar ao posto. A enfermeira disse que ela fosse então tomar a vacina no dia seguinte no posto da Cohab Massangano. Ela não aceitou porque mora num bairro e porque iria ser atendida no posto de outro local. A leitora reclama que foi mal atendida, que a pessoa que lhe atendeu nem se levantou para conversar com ela e que por isso, vai atras dos seus direitos.
A secretaria de Saúde de Petrolina enviou nota sobre a reclamação da leitora Bela Rosa, do bairro João de Deus. Conforme o órgão, em relação ao atendimento na Unidade Josefa Bispo, no João de Deus, a Secretaria de Saúde de Petrolina informa que a injeção anticoncepcional deve ser aplicada a cada 30 dias, por isso, estava agendada para o dia 02 de março.
Ainda segundo a secretaria, a última aplicação realizada pela paciente aconteceu no dia 30 de janeiro. A secretaria reforça que, para não interferir no resultado, não é permitido aplicar o medicamento dois dias antes. Sobre a orientação para procurar a unidade do bairro da Cohab Massangano, o órgão esclarece que é a unidade mais próxima do trabalho da paciente, já que, segundo ela, não poderia ir outro dia porque estaria trabalhando.
Informamos ainda que o atendimento também tentou conversar com a paciente para realizar um planejamento familiar e colocar o medicamento a cada três meses, porém, ela não aceitou.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..