Pacientes com diabetes em Petrolina sofrem com a falta de fitas na rede pública de saúde


Pacientes que têm diabetes em Petrolina estão preocupados com a falta de fitas glicosimétricas na rede pública de saúde. O material estaria em falta. uma leitora do nosso, tem uma filha de três anos diabética, relatou o problema ao Blog.
As tiras medem o índice de glicemia nos diabéticos. Muitos fazem uso delas várias vezes por dia, quando dependem desse resultado até para se alimentar. Segundo Cícera, as fitas são indispensáveis para a saúde de sua filha.
Tenho uma filha de três anos diabética que faz uso de insulina e precisa dessas benditas tiras para medir a glicemia. Elas são vitais para sua saúde, pois sem elas minha filha pode ter uma hipoglicemia ou uma hiperglicemia, precisando medir várias vezes ao dia para manter esse controle”, explicou.
As fitas custam caro. Cada tubo com 50 tiras custa em média R$ 115 e, de acordo com a mãe, o material pode até faltar nas farmácias da cidade. “Com a falta das tiras na rede pública, tenho que contar com a ajuda de conhecidos para comprá-las. Usamos mais de 100 fitas por mês, inclusive já está em falta também em algumas farmácias”, disse.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..