Sessão da Câmara de vereadores de Petrolina, lembra hora do recreio de escola primaria



Uma sessão sem projetos, cheia de discussões vazias e sem nexo. Com os vereadores no Whatsapp, batendo papo e andando pelo plenário enquanto o público sem entender esperava o retorno dos trabalhos. Assim foi na manhã desta quinta-feira (16), na Câmara Municipal de Petrolina. O plenário lembrava pátio de escola no horário de intervalo, tomado por vários grupos conversando sobre tudo sem pressa ou preocupação. 


Às 10h30, o clima de descontração da hora do recreio escolar ficou mais forte com direito até dancinha coreografada entre os vereadores. Logo depois o fundo musical da câmara ficou por conta do vereador Ronaldo Cancão, que harmonizou o ambiente com uma suave Música country. E sem pressa nenhuma cada vereador se ocupava como podia, conversando, lendo ou participando das reuniões dos grupos.

Se algum munícipe fosse ao plenário da Casa Plínio Amorim, dificilmente entenderia a dinâmica de funcionamento do Legislativo, que trava sempre que há “questões internas mal resolvidas”. A maioria dos assessores dos parlamentares de Petrolina, já habituados com a enrolação na Casa torciam para a sessão chegar ao fim.

Como ninguém soube ao certo o que aconteceu na reunião interna fica a sensação de que o Legislativo de Petrolina não fez nada em mais uma manhã de trabalho.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..