Crianças estudam em salas quentes e superlotadas, aponta Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Petrolina


Ambiente sem ventilação, salas pequenas e superlotadas, e instalações inadequadas. As constatações foram dos membros da Comissão de Educação da Câmara de Vereadores de Petrolina composta por Cristina Costa, Gaturiano Cigano, Gabriel Menezes e Ruy Wanderley. A situação é da Escola Municipal Dona Leopoldina dos Santos, Anexo II e da Creche Edith Bezerra, ambas no Bairro São Gonçalo.
A convite da Comissão, a secretária de educação do município Maéve Melo, visitou as unidades de ensino, e ouviu dos próprios alunos reclamações sobre calor, e falta de estrutura das salas. Maéve foi acompanhada por engenheiros da prefeitura para avaliar os prédios, as possibilidades de construção de novas salas, e implantação de ar condicionados.
“A nossa sugestão é de ampliação da Escola Dona Leopoldina, o anexo II., com a construção de novas salas de aula”, declarou a vereadora Cristina Costa, presidente da Comissão de Educação da Câmara. A escola tem 380 anos, com alunos do primeiro ao quarto ano. Os vereadores acreditam que a reforma dessa escola, com mais salas, forro e ar condicionado deve ser prioridade para o município. Esse foi também o entendimento da secretária Maéve Melo.
Outra situação grave é a da Creche Edith Bezerra, também no Bairro São Gonçalo. As salas estão superlotadas, dificultando até mesmo a circulação dos professores para o atendimento individual às crianças. Segundo Cristina Costa, a área da creche é grande, e é possível a construção de novas salas. A secretária Máeve pediu um tempo para com a equipe técnica da secretaria de Educação do Município, avaliar a possibilidade de reforma. Máeve não deu prazos para a Comissão de Educação.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..