Fernando Bezerra diz: “Paulo é o governador certo para este momento”


O senador Fernando Bezerra Coelho participou nesta quinta-feira (06) da abertura da segunda rodada do programa Pernambuco em Ação, realizada na cidade de Garanhuns, no Agreste Meridional. O programa irá percorrer todas as microrregiões do estado, realizando plenárias populares para recolher sugestões que irão se incorporar ao plano de governo. A reunião em Garanhuns foi coordenada pelo governador Paulo Câmara e contou com a presença de sete deputados federais, oito estaduais e secretários da gestão, além de prefeitos, vereadores, lideranças sindicais e empresariais da região.
“Vivemos um momento de grave crise e radicalização política e devo dizer que Paulo é o governador certo para este momento. Ele é sereno, sabe ouvir as pessoas e vem conduzindo o Estado com grande responsabilidade e zelo”, afirmou o senador. Ele destacou a humildade do chefe do executivo estadual, que tem buscado dialogar com todos os setores para que as metas definidas em 2014 possam ser repactuadas, diante da queda de receitas que Pernambuco enfrenta. No entanto, Fernando Bezerra fez questão de salientar que nestes dois anos e quatro meses o Governo do Estado já investiu mais de R$ 2,8 bilhões em obras e ações. “Para a minha alegria, que sou do semiárido, como é no Agreste, mais de R$ 800 milhões foram aplicados em água, em obras hídricas. Sem água não tem vida, não tem emprego e nem perspectiva de futuro”.
Para o senador este não é o momento para politizar debates, como querem setores da oposição. “Fomos afundados numa crise sem precedentes. Só em Pernambuco são mais de 500 mil desempregados. Tenho muita confiança e muita alegria, porque sei que Paulo passou dois anos equilibrando as contas, para agora voltarmos a crescer. As receitas pouco a pouco vão se recuperando. Aqueles que querem antecipar o calendário eleitoral, vão quebrar a cara. As eleições são apenas em 2018 e nós vamos estar lá”. Fernando Bezerra reafirmou o compromisso com a gestão de Paulo Câmara, “sou o seu senador em Brasília”, declarou. Ele ainda defendeu a necessidade das reformas, especialmente na previdência, mas deixou claro que as mudanças não podem sacrificar os mais pobres. “Esse partido tem lado. Somos o partido de Miguel Arraes e Eduardo Campos, temos compromisso com os trabalhadores rurais e com os mais vulneráveis”.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..