Lindolfo Nunes foi morto com 17 tiros


Como o Blog havia adiantado, a Polícia Civil de Juazeiro encontrou o corpo de Lindolfo Nunes da Silva, suspeito de participar do assassinato das jovens Taiane e Bruna, no Distrito Industrial de Petrolina, em setembro de 2016.
O mesmo havia sido absolvido do crime e foi encontrado nesta quinta-feira, (20), em Riacho da Massaroca no Distrito de Santana do Sobrado, em Casa Nova (BA).
Segundo informações da perícia técnica de Juazeiro, ele estava com aproximadamente 17 perfurações de projéteis de arma de fogo pelo corpo.
De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela família, quatro homens encapuzados raptaram Lindolfo nesta quarta-feira, (19), no Bairro Jardim Amazonas. Os suspeitos estavam em uma Hilux de cor branca.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

2 De sua opinião, participe!

De sua opinião, participe!
22 de abril de 2017 18:04 delete

A justiça cega obriga as pessoas a fazerem justiça com as próprias mão justiça feita

Reply
avatar
22 de abril de 2017 18:04 delete

A justiça cega obriga as pessoas a fazerem justiça com as próprias mão justiça feita

Reply
avatar

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..