Matadouro de Rajada será reaberto nesta sexta-feira


A reabertura do matadouro do distrito de Rajada, na zona rural de Petrolina, acontecerá nesta sexta-feira (7). A informação foi confirmada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, logo após reunião esta semana com o gestor administrativo do abatedouro, Cândido Roberto de Araújo.
De acordo com o secretário, a reabertura do abatedouro só foi possível graças à parceria compartilhada entre a Prefeitura de Petrolina e a Associação de Desenvolvimento Comunitário do distrito de Rajada (Fundec). O matadouro foi aberto pela gestão passada por apenas uma semana, e antes das eleições municipais. Depois, fechou as portas.
A gestão passada fechou. Agora, a nova gestão da Prefeitura de Petrolina está reabrindo com muita responsabilidade. Os criadores da região estão cientes de todos os trâmites legais, como a Guia de Trânsito de Animais (GTA) para o transporte, o baú devidamente higienizado para colocar as mercadorias, além do inspetor sanitário que estamos cedendo, tudo dentro das normas“, destacou José Batista.
Segundo o prefeito Miguel Coelho, a reabertura é uma das alternativas encontradas diante da restrição para o abate de animais na cidade. O gestor explicou que será firmada uma parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) para a utilização do abatedouro localizado no campus de Ciências Agrárias. Miguel ainda disse que já estudou também a reestruturação do abatedouro municipal, seguindo todas as normas sanitárias vigentes.
Gestão
A gestão do equipamento, explicou Cândido Roberto de Araújo, será compartilhada entre a prefeitura e um grupo de técnicos, através de um contrato de comodato, e os associados serão prestadores de serviços. O espaço tem a capacidade para abater 200 animais por semana. A previsão é de que esse número aumente de acordo com a demanda e a procura de criadores e comerciantes do ramo. (foto/arquivo Blog)

Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..