Michel Temer deve demitir aliados de Gonzaga Patriota pelo ‘não’ do socialista à reforma trabalhista



O troco do presidente Michel Temer (PMDB) aos deputados infiéis da base governista não deve demorar, por terem sido contra à reforma trabalhista. Na lista está o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB). O pernambucano deve ter aliados seus exonerados de cargos no governo.
A lista completa atinge 25 parlamentares de partidos como PSB, PP e PMDB (sigla do presidente). A estratégia de Temer é retirar esses cargos e agraciar outros deputados com essas nomeações, em troca de votos para a aprovação da reforma da Previdência.
O Palácio do Planalto considera que foi traído por 70 parlamentares na votação da reforma trabalhista ocorrida esta semana, mas os 25 da lista na qual Gonzaga foi incluído são considerados pelo Governo Temer ‘irrecuperáveis’, para tentar convencê-los a aprovar a reforma previdenciária. (Com Folha de S. Paulo)

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..