Obra construída pela Odebrecht na Ilha do Fogo em Petrolina e Juazeiro é destaque no Fantástico da Rede Globo


Uma das obras construídas pela Odebrecht, empresa envolvida em grandes esquemas de corrupção no país, o estaleiro da Ilha do Fogo (Foto Acima), foi destaque no Programa Fantástico da Rede Globo, neste domingo, (16).
A estrutura foi construída por iniciativa de Norberto Odebrecht, avô de Marcelo Odebrecht e pai de Emílio Odebrecht, que abriu sua firma individual. A abertura da nova empresa era uma exigência para a continuidade dos negócios, tanto por parte do Banco da Bahia, quanto pelas dificuldades de reestruturação da Emílio Odebrecht & Cia.
Assim, Norberto começou a agir plenamente como empresário, atuando em obras como o Fórum Rui Barbosa, o Hotel da Bahia e muitos outros. Logo vieram as obras que fortaleceram a credibilidade da construtora, que no fim da década de 40 já era uma das mais importantes da Bahia: o Círculo Operário (1946), com cinco mil m2 com lojas, restaurantes e cinema e o Estaleiro Fluvial da Ilha do Fogo, (que já foi a antiga Franave), instalado em 1947, entre as cidades de Juazeiro e Petrolina, no Rio São Francisco, com capacidade para navios de até 1.200 toneladas. Essa obra da região, foi mais uma alicerçada diante desse esquema de lavagem de dinheiro.
A matéria do Fantástico destaca ainda que a empresa impressiona no esquema de propina, tendo uma relação com os delatores da Lava Jato. Para tantas obras, a Odebrecht precisava de um grande financiador: o governo.
A Odebrecht é um império com negócios em 26 países. No Brasil, atua em praticamente todos os estados, em metrôs, rodovias, portos, aeroportos, usinas hidrelétricas e térmicas. Logo, ganhou terreno também lá fora, onde executa ou executou obras em outros países da América Latina, nos Estados Unidos, na Europa, na Ásia e na África. Em Angola, por exemplo, tocou vários projetos estratégicos e conquistou a preferência do governo de lá. Até hoje é a maior empregadora privada daquele país, com 12 mil funcionários.
O grupo tem 72 anos e hoje atua não só na construção civil como mais em outras onze áreas diferentes, incluindo a petroquímica. A Odebrecht foi a empresa que fez a primeira obra da então recém-criada Petrobras, em 1953, no governo de Getúlio Vargas. Era um oleoduto, na Bahia.
Mas a relação da família Odebrecht com obras públicas é bem mais antiga. Vem desde o século 19, quando os primeiros Odebrecht, imigrantes vindos da Alemanha, trabalharam na construção de estradas no sul do Brasil. (Com informações complementares do Fantástico).

Blog Edenevaldo Alves 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..