Familiares e amigos de jovem assassinada por PM em Parnamerim, protestam por justiça


Moradores de Parnamirim, no Sertão de Pernambuco, participaram, nesta terça-feira (04), de uma passeata organizada pela família da jovem Katarine Alencar, de 17 anos, assassinada na madrugada de sábado (01), na cidade. Vestidos de branco e segurando faixas e cartazes, os manifestantes pediam paz e justiça. A concentração ocorreu em frente ao Seguro de Assistência Funeral (SAF), no Centro e iniciou às 9h. Depois, os envolvidos seguiram até o Fórum do município. A ação ocorreu até às 11h30.
Para a coordenadora Regional do Sertão Central da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, Izabel Cristina, o protesto é uma forma de chamar a atenção das autoridades. “O ato é um clamor por justiça. Uma forma de atingir as autoridades competentes a fazer justiça”, afirmou.
Segundo Izabel Cristina, cerca de 800 pessoas participaram da manifestação. Entre elas, familiares da vítima, amigos, conhecidos, autoridades, estudantes, professores. Parentes de outras vítimas de violência na cidade também se juntaram ao grupo.

Crime

A jovem Katarine Alencar, de 17 anos, foi morta com um tiro no peito enquanto participava de uma festa entre amigos, na Rua Luiz Gonzaga do Nascimento, no bairro Cohab, em Parmanirim, no Sertão de Pernambuco. O suspeito do crime é um soldado da Polícia Militar da Bahia, que encontra-se foragido. A vítima morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina.

G1  Petrolina 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..