Confusão entre vereadores marca mais uma sessão em Petrolina


“Lula disse tudo a Moro sem medo e sem se acovardar”, disse a vereadora Cristina Costa durante a sessão da câmara desta quinta, (11), ao defender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no depoimento concedido ao Juiz Sérgio Moro em Curitiba.
O que os parlamentares não esperavam, aconteceu. O vereador Ronaldo Silva alegou que não ficaria calado ao ouvir discurso em favor de Lula e soltou o verbo durante a fala da petista.
“Ele é um ladrão, um bandido não consigo ouvir alguém defender um vagabundo” e ouviu de Cristina Costa: “Você é acostumado a isso, é prática de vossa excelência”, e logo Ronaldo Silva disparou ao questionar se o mesmo estava sendo chamado de ladrão por Cristina Costa e uma discussão teve início.
Ronaldo Silva ainda levantou  da cadeira e chegou perto do lugar onde se encontrava a petista, de acordo com o vídeo postado logo cedo pelo Blog.
A sessão quase foi encerrada e o presidente Osório Siqueira logo cortou os microfones quando Cristina Costa disse que foi desrespeitada. Aero Cruz e alguns situacionistas tiveram que segurar Ronaldo Silva quando o mesmo ficou cara a cara com a petista.
Em seguida, barulho e tumulto tomaram conta da sessão, em mais um exemplo de discussão e embate.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..