Funcionários demitidos da Rabelo procuram assistência jurídica


O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio de Petrolina (Sintcope) acompanha o processo de encerramento das atividades das duas unidades das Lojas Rabelo em Petrolina. Mais de 30 trabalhadores foram demitidos. Na manhã desta quinta-feira (25), parte deles esteve na sede do Sindicato, após serem informados no dia anterior que a empresa havia entrado com um pedido de recuperação judicial.
O receio é que a empresa não cumpra os procedimentos legais exigidos na rescisão do contrato de trabalho. O grupo foi recebido pelo vice-presidente do Sintcope, Sérgio Lacerda, que acionou a assessoria jurídica. “Orientamos os trabalhadores sobre a assistência que o sindicato dará. Fizemos uma ata para registrar a preocupação dos trabalhadores e nossa assessoria jurídica ingressará com uma ação”, disse.
A expectativa é que outros trabalhadores da mesma empresa procurem a entidade sindical. “Hoje veio uma parte dos demitidos. Todos que aqui chegarem serão atendidos e orientados. Numa situação grave como essa não podemos fazer diferença entre sindicalizados e não sindicalizados”, disse.
Os trabalhadores podem entrar em contato como Sintcope através do telefone (87) 3861-5876 ou do WhatsApp (98838-0172/98838-0176).


Fonte Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..