Hospital Universitário (HU) de Petrolina, recebeu mais de 8 mil vítimas de acidentes em 2016



O Hospital Universitário (HU) de Petrolina divulgou um dado preocupante. A unidade de saúde, que é a única unidade pública de saúde da região que oferece atendimento em traumato-ortopedia, recebeu, no ano de 2016, 8.138 vítimas de acidentes automobilísticos, uma média de 678 pacientes por mês. Apenas durante a primeira quinzena de maio deste ano, 366 pessoas foram atendidas.
Um fator agravante é que cerca de 70% das vítimas atendidas possuem entre 10 e 39 anos, sendo que 75% são do sexo masculino. Os acidentes costumam estar relacionados a excesso de velocidade, ingestão de bebida alcoólica e condução sem habilitação, caracterizando assim, a imprudência dos motoristas como principal causa dos acidentes.
O índice de acidentes registrados é considerado preocupante e, por isso, o hospital aderiu à campanha ‘Maio Amarelo.’ O mês foi escolhido para representar o movimento internacional de conscientização para a redução de acidentes de trânsito. A ideia é chamar a atenção da população para o alto índice de acidentes automobilísticos e mobilizar a sociedade sobre a conscientização e prevenção.
Como parte da campanha, o HU desenvolveu uma série de vídeos que contam as histórias de vítimas de acidentes. Nos depoimentos, elas relatam sobre o processo de recuperação, as sequelas que adquiriram e as consequências. Os vídeos podem ser acessados através do site e da página do hospital no Facebook.
Projeto educativo
O HU também vem desenvolvendo um projeto de caráter educativo, junto aos pacientes e seus familiares, que busca estimular a reflexão sobre atitudes e comportamentos mais seguros no trânsito, a fim de conscientizá-los para que não se envolvam em novos acidentes. O projeto é desenvolvido por um psicólogo.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..