PSB pressiona Fernando Filho para deixar ministério


Como já se esperava, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, começou a pressionar o deputado federal Fernando Filho (PSB-PE) para pedir exoneração do cargo de ministro de Minas e Energia.
“Fernandinho” foi indicado para o ministério pela bancada federal do partido à revelia do governador Paulo Câmara e do próprio Carlos Siqueira.
Para Carlos Siqueira, não tem mais sentido “Fernandinho” permanecer no ministério porque o governo do presidente Michel Temer “acabou” na quarta-feira (17) após a divulgação pelo jornal “O Globo” do diálogo travado por com o empresário Joesley Batista, que foi o pivô dessa crise política.
“A direção do partido não o indicou, mas o fato de ele ser filiado à legenda já suficiente para pedir essa demanda”, disse Carlos Siqueira à Agência Estado.
Fernando Filho é um dos quatro deputados federais pernambucanos no ministério de Michel Temer. Os outros são Mendonça Filho (DEM), Bruno Araújo (PSDB) e Raul Jungmann (PPS), que não falam em entregar seus cargos.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..