Sindicato dos Comerciários lamenta fechamento das lojas Rabelo em Petrolina



O Sindicato dos Comerciários de Petrolina (Sintcope) lamentou em nota, nesta segunda-feira, 22, o fechamento das Lojas Rabelo, localizada na Avenida Souza Filho, numa das esquinas mais movimentadas do comércio do Centro da cidade. A entidade afirmou que essa vem sendo “uma das faces mais perversas da crise econômica, aprofundada pela instabilidade política que se instalou no país após a ascensão do presidente Michel Temer (PMDB), que é a demissão de trabalhadores e trabalhadoras”.
Na nota, a diretoria do Sintcope ressalta que a situação ainda é mais delicada com as reformas que visam a retirar direitos dos trabalhadores, inabilitar a aposentadoria e medidas econômicas que não surtiram efeito. “As medidas econômicas adotadas não afastam o cenário de recessão em Petrolina. As demissões são constatadas em diversos segmentos do setor produtivo. No comércio, o mais recente registro foi o fechamento das duas unidades das Lojas Rabelo, localizadas no Centro da cidade e no shopping. Mais de 30 trabalhadores desempregados”, pontuou o sindicato.
A entidade conta que na última sexta-feira (19) os trabalhadores assinaram o aviso-prévio, e nesta terça(23) está prevista a realização de exames médicos demissionais. Ainda esta semana serão feitos os agendamentos para as homologações.
“Diante dessa situação que só reforça um cenário preocupante e traz incertezas para muitos trabalhadores, manifestamos nossa solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras que têm sido vítimas dessa equação econômica. O Sintcope acompanha o caso e, juntamente com a assessoria jurídica, está à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras”, finalizou a nota. (Foto: Ascom) 


Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..