Maioria dos petrolinenses reprova “assistencialismo” de vereadores na rede pública de saúde


A polêmica questão do “assistencialismo” de vereadores na saúde pública de Petrolina não só rendeu panos para mangas. Pode estar trazendo também o primeiro desgaste para a Casa Plínio Amorim na atual legislatura.
Pelo menos sob o ponto de vista da população petrolinense, essa história de haver vereador agilizando o atendimento de pacientes ao tirá-los das filas de espera, não foi bem assimilada. E diante da repercussão que o assunto ganhou na Câmara Municipal, é possível que as denúncias em relação a essa prática ganhem mais força. 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..