PR de Petrolina e a estratégia que não ‘colou’



Comenta-se à boca pequena, nos bastidores políticos de Petrolina, que a estratégia do PR local para emplacar o suplente de vereador Junior Gás na Casa Plínio Amorim ficou pelo caminho. Não ‘colou’.
Esse seria o principal motivo do retorno do vereador Cícero Freire, representante do partido na Casa, para ter retomado o mandato, após anunciar no início de maio que estava se licenciado temporariamente do cargo para se submete a uma cirurgia no joelho. Em seu lugar, ficou seu companheiro de legenda, Júnior Gás.
Cícero já vinha anunciando anteriormente à imprensa que o prefeito Miguel Coelho (PSB) o convocaria para sua equipe de governo, o que manteria Júnior Gás no assento do Legislativo. Miguel, no entanto, sempre descartou essa possibilidade.


Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..