PRF registra 81 acidentes na Operação Corpus Christi em Pernambuco


A Polícia Rodoviária Federal intensificou a fiscalização na operação Corpus Christi e registrou, entre a última quarta-feira (14) e o domingo (18), 81 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco. Os acidentes deixaram 64 feridos e quatro pessoas mortas. Na operação do ano passado, realizada entre os dias 25 a 29 de maio, foram registrados 69 acidentes, com 38 feridos e oito mortes.
O acidente mais grave ocorreu às 2h da madrugada da sexta-feira (16), no quilômetro 61 da BR 408, em Carpina, na Mata Norte de Pernambuco. Uma van colidiu de frente contra um carro, deixando os cinco ocupantes da van feridos e causando a morte do motorista do automóvel, de 37 anos. O motorista da van não possuía a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e foi constatado através do bafômetro que ele havia ingerido bebida alcoólica. Após atendimento médico, o homem foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil da região.
Ao longo de cinco dias a PRF fiscalizou 3.792 veículos e 3.543 pessoas, sendo emitidas 1.813 autuações por diversas irregularidades. Entre elas, destacam-se 126 pelo não uso do cinto de segurança, 32 por ultrapassagens em local proibido, sete por manusear o celular, cinco pela falta da cadeirinha e quatro pela ausência do capacete. Além disso, foram registradas 668 imagens de veículo com excesso de velocidade através do uso de radares.
O combate à alcoolemia contou com o apoio de equipes da Operação Lei Seca e foram realizados 1.390 testes com o bafômetro, que resultaram em 59 autuações e na prisão de seis pessoas que dirigiam sob efeito de álcool. Neste sentido, diversos comandos foram realizados na Região Metropolitana do Recife, no Agreste e no Sertão. Nesse período, também foram recolhidos 133 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), 82 veículos e 59 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs).
A fiscalização de caminhões registrou 181 toneladas de excesso de peso e emitiu 11 autuações por irregularidades no serviço de escolta de veículos de carga. O combate à criminalidade contou com o apoio de grupos especializados, sendo recuperados quatro veículos e presas dez pessoas, por crimes como roubo, porte de drogas, receptação de veículos roubados e com mandados de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..