Dom Manoel dos Reis não será mais bispo de Petrolina


O Bispo, Dom Manoel dos Reis de Farias, renuncia alegando a idade como um dos fatores para pedir afastamento da Diocese de Petrolina. 
Dom Manoel permaneceu Bispo de Petrolina por seis anos. Em entrevista na manha desta quarta feira, 12, afirmou que deverá mudar-se para Recife.


A decisão do papa Francisco em acolher o pedido de renúncia apresentado pelos bispos dom Manoel dos Reis de Farias, da diocese de Petrolina, no Estado de Pernambuco e dom Afonso Fioreze, da diocese de Luziânia, no Estado de Goiás. As renúncias estão de acordo com o Cânon 401, parágrafo 1, do Código de Direito Canônico, que estabelece a decisão por motivos de idade.
Dom Manoel dos Reis de Farias (na foto acima, à direita)
Nascido em Orobó (PE) em 1943, dom Manoel dos Reis de Farias estudou Filosofia no Instituto “Estrela Missionária”, em Nova Iguaçu (RJ) e Teologia no monastério “São Bento” do Rio de Janeiro. Foi ordenado sacerdote em 6 de janeiro de 1983 em Orobó. Em Nazaré (PE), como sacerdote, foi reitor da Casa de Formação (1985-1986); pároco da paróquia de São Sebastião em Machados (1988-1990); pároco da igreja “Divino Espírito Santo” em Pau de Alho (1990-2001); diretor espiritual dos seminaristas maiores (1990-2001) e membro do colégio dos consultores. Em 8 de agosto de 2001 foi eleito bispo de Patos, na Paraíba, e recebeu a consagração episcopal em 10 de outubro do mesmo ano. Foi nomeado para a diocese de Petrolina em 2011, pelo papa Bento XVI.
Seu lema episcopal é “Servir na Unidade”. Fonte: (CNBB).

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..