Em Juazeiro, mãe diz que sonha ver filha que tem 'ossos de vidro' andar e faz rifa para comprar equipamento.



Não tem sonho maior para uma mãe do que ver sua filha poder andar", é o que diz a aposentada Maria Lídia de Oliveira, mãe de uma garotinha de 10 anos que possui osteogênese imperfeita, também conhecida como síndrome dos "ossos de vidro". Mãe e filha moram em Juazeiro, no norte da Bahia, e têm em comum a doença que deixa os ossos fracos. A menina já teve 20 fraturas, enquanto a mãe já fraturou os ossos mais de 100 vezes.

A última fratura que a garota teve foi em novembro do ano passado, quando ela precisou fazer uma cirurgia para implantar duas hastes nos ossos das duas pernas. O problema é que após a cirurgia, Andreza precisa de um andador no valor de R$ 3 mil, mas a mãe não tem condições de comprá-lo. Diante da situação, ela resolveu vender rifas e coxinhas para poder adquirir o equipamento para a filha, que desde a cirurgia, no final de 2016, se locomove apoiada em uma cadeira de rodas. 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..