Fernando Bezerra é o 1º da fila para concorrer ao governo do estado


O senador Fernando Bezerra pode até estar insatisfeito com o PSB, que não chancelou a ida do deputado Fernando Filho para o Ministério de Minas e Energia e ainda instaurou contra ele um processo ético-disciplinar por ter votado a favor da reforma trabalhista. Mas é improvável que pretenda trocar esse partido pelo DEM, e menos provável ainda que deseje filiar-se ao PMDB que é liderado em Pernambuco pelo deputado Jarbas Vasconcelos.
Ingressando nesse partido, o senador teria que se submeter à liderança do ex-senador e isto não passa pela sua cabeça. Ele pode até sair do PSB, mas para controlar um novo partido no Estado. Permanecer nesta legenda, porém, é o seu destino mais provável porque ele é o 1º da fila no “pós” Paulo Câmara para concorrer ao governo estadual, na avaliação do colunista Inaldo Sampaio.
Versões de que poderia abandoná-lo teria por finalidade apenas obter o lugar de vice ou uma das vagas no Senado para o filho, ministro, daí ter aberto também diálogo com a Oposição ao receber ontem em Petrolina o senador Armando Monteiro (PTB).

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..