Médicos de Petrolina ameaçam cruzar os braços



Os médicos de Petrolina prometem fazer uma paralisação de 72 horas. O ato está programado para começar a partir desta terça-feira (25). Segundo a nota da categoria, eles estão com salários defasados, postos em condições inadequadas para atendimentos à pacientes, dentre outros.
Durante a paralisação, eles prometem fazer atendimentos sociais.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..