Prefeito de Petrolina rebate boatos sobre extinção do ‘Nova semente’, e diz que encontrou ‘creches paradas’



O prefeito Miguel Coelho (PSB) desmentiu mais uma vez os boatos de que ele acabaria com o programa Nova Semente. Ele garantiu que o programa continuará na sua gestão.  “Essa discussão se tinha que ser CMEI, se tinha que ser Nova Semente ou o modelo que tinha seguido é um discurso fraco, é pobre de informação. A gente não tem que discutir se vai ter uma creche mais ou menos, se vai ter criança chegando ou saindo, e sim qual é o futuro que queremos dar para nossas crianças e é por isso que é bom esse momento para a gente poder dizimar e acabar com tanta boataria. O Nova Semente não vai acabar, mas vai ficar como está”, enfatizou.

De acordo com o prefeito, o programa de primeira infância será ampliado com integração da secretaria de saúde e de desenvolvimento social, oferecendo auxílio para estruturação familiar, a exemplo de serviços com profissionais terapeutas e psicólogos. Ele informou ainda quando assumiu a prefeitura, encontrou doze creches paradas, o cadastro dos alunos defasados e mais de 7 mil matrículas que não haviam sido informadas. “Petrolina estava perdendo dinheiro. E quando batemos à porta de Mendonça filho ele teve a sensibilidade de nos ouvir, e já trouxe nesses seis meses de gestão R$ 20 milhões para o município”, acrescentou.


Jornal Ação Social 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..