Carta aberta ao prefeito Miguel Coelho: Por mais ciclistas e menos fumaça em Petrolina



Excelentíssimo Senhor Prefeito,

Meu nome é Maria Aparecida. Sou estudante do Ensino Médio da Escola Dom Antônio Campelo, instituição pertencente à rede pública do estado. Senhor prefeito, Petrolina apresenta uma grande população, cuja boa parte dela é de baixa renda, e precisa deslocar-se. Por esse motivo, possui a necessidade de utilizar o transporte público diariamente. Infelizmente, o que causa grande transtorno é o mau funcionamento desse tipo de serviço. O senhor mesmo, em uma entrevista à TV Grande Rio, durante a sua campanha, concordou com a falta de estrutura do transporte, afirmando que “o transporte público e a mobilidade em Petrolina pioraram muito nos últimos anos”. Sabemos ainda que com tantos habitantes e tantos meios de transporte (ônibus, carros e motos) utilizados pelos cidadãos petrolinenses, haverá cada vez mais aumento da poluição, do aquecimento global, além, é claro, de doenças causadas pelos mesmos.
Tanto para uma cidade como para o mundo evoluir, desenvolver e crescer bem é preciso que a pessoas estejam saudáveis. Porém, com tantos automóveis, com tanta fumaça, tanto calor, isso não é possível. Precisamos, senhor prefeito, buscar uma melhoria que pode estar tão perto e que ainda não foi vista, a qual vai abranger, além da diminuição da poluição a própria prática de atividade física a qual muitas pessoas deixam de lado, na maioria das vezes, por não terem a garantia de que estarão seguras em relação ao trânsito de veículos motorizados. Esse problema poderia ser resolvido com a construção de ciclovias, espaços destinado aos ciclistas, porém áreas pouco encontradas em Petrolina.
Como estudante, estou diariamente me deslocando rumo à escola e já presenciei várias vezes a falta de segurança dos ciclistas que trafegam em acostamentos da BR 407. É notável o grande problema entre pedestres e ciclistas que têm que trafegar pelo mesmo local. Essa situação pode vim a gerar acidentes, pois não é possível dividirem um espaço tão estreito em segurança, uma vez que, para seguir seu destino, um deve ceder a vez ao outro, o que pode causar um acidente ou até uma grande fatalidade.
O senhor alimentou a esperança de vários cidadãos (ciclistas, pedestres e donos de automóveis) em uma entrevista à rádio Grande Rio, ainda em sua campanha, quando disse: “vamos investir na mobilidade urbana e em novas avenidas que Petrolina tanto precisa para poder desafogar o trânsito”. Tendo consciência do plano apresentado por vossa excelência, venho externar não só a minha vontade, mas a de muitas outras pessoas,
inclusive a de pais que veem seus filhos saindo de casa de bicicleta arriscando a vida em meio ao trânsito. Que sejam colocadas em prática suas palavras, afinal, como prefeito, o senhor deve zelar pela segurança e pelo desenvolvimento do nosso município para que nossa cidade cresça, não só em quantidade, mas em qualidade, principalmente.

Maria Aparecida de Sousa
Estudante do 2º ano vespertino da Escola Dom Antônio Campelo e moradora do bairro Cosme e Damião.

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..