Com os salários atrasados, merendeiras de escolas estaduais em Petrolina passam necessidade


As merendeiras de escolas estaduais, em Petrolina, estão com seus salários há meses atrasados. Muitas delas estão passando necessidade com energia e água cortadas, falta de alimentos em suas casas, e ainda vivendo de ajuda de amigos e familiares. Enquanto o governador Paulo Câmara gasta dinheiro empregando políticos sem voto e derrotado em seus grotões pagando salários altíssimos com pretensão de se reeleger em 2018,  essas batalhadoras passam por este momento tão complicado. Três ex-prefeitos passaram a fazer parte de uma longa lista para sugar nas tetas do estado.


 Jornal Ação Popular 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..