Mesmo com o andor quebrando, mais de 70 mil pessoas homenageiam Nossa Senhora Rainha dos Anjos


Um peça do andor de Nossa Senhor Rainha dos Anjos quebrou durante o trajeto até a Catedral, e mesmo assim o brilho da festa se manteve com a ajuda dos fiéis.
Com um público de mais de 70 mil pessoas, as ruas de Petrolina ficaram pequenas para tamanha fé e devoção, embalados com o hino da padroeira e protetora divina.
Fé e devoção são marcas da Festa da Padroeira de Petrolina,  que esse ano trouxe o tema Rainha dos Anjos no coração de Petrolina: benção carinho e proteção.
Com cantos e orações, a procissão saiu por volta das 17 horas da Igreja Matriz. Muitas famílias, pastorais, grupos e movimentos, fiéis da sede e interior acompanharam todo o trajeto. O Bispo Emérito de Petrolina, Dom Manoel dos Reis de Faris também participou do cortejo e encerrou a festa com Missa Solene na concha acústica da cidade. Foi a sua última participação como pastor, já que o Emérito parte para Recife em breve.
“É com alegria que faço parde dessa história, foi um período curto, mas foram seis anos e sempre fui acolhido, o sentimento é de alegria e de missão cumprida. Quando eu cheguei, a festa contou com 40 mil pessoas, ano passado foram 110 mil fiéis, isso foi um trabalho realizado em conjunto com as paróquias, investimos mais, envolvemos os padres, quase não participo da festa desse ano, mas tive alegria de permanecer ainda”, frisou Dom Manoel.

Blog Edenevaldo Alves 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..