Sociedade petrolinense refém de criminosos



A morte do presidente do PR no último final de semana, em Petrolina, de Klebyo Luciano Bezerra Vieira, de 38 anos, abalou a sociedade. Antes, a violência era mais voltada para pessoas envolvidas com o uso e tráfico de drogas, assaltos, roubos e brigas de galeras, e agora com o homicídio de um político a coisas começou a tomar outro rumo.
Ou a justiça toma uma decisão em investigar, descobrir e punir os culpados, ou as coisas ficarão fora do controle onde pessoas ligadas à outros segmentos da sociedade ficarão reféns de criminosos.

Jornal Ação Popular 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..