Vereador Gabriel consegue resposta da gestora da GRE Anete Ferraz, sobre atraso de salários das merendeiras


A sina cotidiana das merendeiras que prestam serviço nas escolas estaduais de Pernambuco na cidade Petrolina, no Sertão do Estado ainda não teve fim, no Programa Opinião da Rádio Grande Rio AM, apresentado por Francisco José, as trabalhadoras reclamam há três meses dos salários atrasados. Mas a resposta e a solução dos problemas se esbarram na burocracia governamental e demoram de chegar.
E em busca de uma resposta para resolver o impasse entre Estado e Merendeiras, o vereador Gabriel Menezes (PSL), fez visita na segunda-feira (14), ao gabinete da coordenadora da Gerência Regional da Educação – GRE, Anete Ferraz.
De acordo com o parlamentar, a gestora o recebeu de forma cordial e ainda ouviu alguns áudios das trabalhadoras por meio de um aplicativo da rede social e que elas reclamavam das dificuldades por qual estavam passando como: falta de produtos alimentícios, dormindo na base da vela com a luz cortada e as contas atrasadas na espera do suado salário que a três meses não cai na conta das merendeiras.   
Ainda de acordo com Gabriel a professora Anete, ressaltou que das 155 profissionais na cidade, 61 estão com os salários atrasados, sendo 10 destas, por problemas em suas contas bancárias, e que a Secretaria Estadual de Educação já estaria tomando todas as providências para sanar o problema.
A gestora da GRE ressaltou ainda que o motivo do atraso salarial das trabalhadoras seria a saída da empresa LÍBER, uma terceirizada, que deixou de atender as escolas de Petrolina no final de abril, ficando os salários de maio, junho e julho, sob a responsabilidade direta da Secretaria.
O vereador questionou a Anete sobre os motivos de algumas merendeiras terem assinado recibos de pagamentos que não foram realizados. “A resposta da gestora foi que seria um procedimento necessário, para que as ordens de pagamento pudessem ser programadas”, disse.
Anete Ferras disse ao parlamentar que desde o dia 1º de agosto de 2017, uma nova empresa assumiu os postos de trabalho, mantendo todas as profissionais e garantiu que os salários atrasados serão pagos, nos próximos dias. “O Governo do Estado subestima a inteligência do nosso povo, quando exagera na propaganda e falta na ação”, concluiu o vereador por Petrolina, Gabriel Menezes.
Blog do Banana

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..