Após morte de Jovem, família acusa clínica da Cohab Massangano por omissão de socorro


No dia 20/07/2017, o jovem Steneo Anderson faleceu após passar mal enquanto esperava uma consulta com o neurologista da Clinical Center, uma clínica de atendimento médico localizada no bairro Cohab Massangano, em Petrolina (PE), segundo sua família.
Por meio de nota, divulgada nesta terça-feira (12), os familiares da vítima, se pronunciaram sobre o acontecido, a fim de esclarecer os fatos. De acordo com a família, o jovem passou mal um dia antes e foi socorrido para a UPAE de Petrolina, onde teria sido atendido com excelência. Os médicos do plantão pediram que Steneo fosse avaliado por médicos clínicos.
A consulta foi marcada para o dia 20/07/2017, às 14h, na Clinical Center da Cohab Massangano com o neurologista Dr. Ezir Araújo. Segundo a nota, o paciente chegou exatamente às 14h na clínica, mas o médico só veio chegar às 18h49, com mais de quatro horas de atraso.
Pouco tempo depois da chegada do médico, Steneo passou mal. Seu irmão, Stenferson, que estava presente, chamou o Dr. Ezir para socorrer o seu irmão. Contudo, após negar as primeiras chamadas, o médico afirmou, sem a realização de qualquer exame, que se tratava apenas de um ataque de nervos.
Infelizmente, o jovem Steneo veio a óbito pouco tempo depois. Na ocasião, o SAMU foi acionado e constatou a morte do paciente.
A família acusa o médico e a clínica de omissão de socorro por negligência, já que não foram prestados os atendimentos imediatos e necessários a Steneo. Além disso, a clínica teria se negado a emitir o recibo do pagamento da consulta realizada pela vítima.
O blog tentou entrar em contato com a clínica, mas as ligações não foram atendidas.
Confira a íntegra da nota da família
Nota de esclarecimento
Petrolina – PE, 12 de setembro de 2017.
Em nome da família do jovem Steneo Anderson, falecido no dia 20/07/2017, nas dependências da Clinical Center do bairro Cohab Massangano, vem, através desta, esclarecer a verdade dos fatos para a sociedade petrolinense.
Inicialmente, cumpre esclarecer que o jovem Steneo Anderson não possuía nenhum vício, quer seja em drogas lícitas ou ilícitas. Rapaz dedicado a família e aos seus estudos. Aluno dedicado ao curso de Engenharia Elétrica, na UNIVASF com um brilhante futuro promissor, este interrompido por omissão de socorro.
No dia anterior ao fato ocorrido, o jovem Steneo passou mal, sendo socorrido por seus familiares no plantão da UPAE de Petrolina. Nesta ocasião, foi atendido com excelência, sendo realizados todos os exames preliminares necessários para investigar as causas do seu mal-estar.
Diante dos resultados de exames negativos, os médicos do plantão acharam por bem que o paciente deveria ser avaliado por médicos clínicos das seguintes especialidades: Neurologista, Cardiologista e Clínico Geral.
Assim, seguindo as indicações, a família do jovem Steneo marcou uma consulta para o dia 20/07/2017, as 14h00min, consulta com o Dr. Ezir Araújo, Neurologista, na Clínical Center da Cohab Massangano.
Com a necessidade de descobrir o possível problema de saúde, Steneo Anderson chegou pontualmente às 14h00min na tentativa de ser um dos primeiros a receber atendimento pelo médico.
Registre-se que as informações divulgadas de que o mesmo passou mal na feira livre da Cohab e que foi levado para ser socorrido na Clinical Center são a mais pura INVERDADE.
Infelizmente, por motivos ainda não justificados, o médico Dr. Ezir chegou somente às 18h49min na Clinical Center. Minutos depois, o jovem Steneo Anderson apresentou um mal-estar, se queixando de fortes dores no peito, falta de ar e desorientação.
Desesperadamente, seu irmão Stenfensson que estava presente, correu e chamou o Dr. Ezir Araújo para socorrer o seu irmão. O médico, depois de ignorar as primeiras chamadas, cerca de uns 10 minutos depois, se dirigiu até o paciente e, sem nenhum exame, o médico afirmou que seria apenas um ataque de nervos.
Por esta negligência em não receber os atendimentos imediatos e necessários, o médico cometeu OMISSÃO DE SOCORRO, ocasionando na morte do jovem Steneo Anderson.
Somente após, presenciar as diversas tentativas de reanimação feitas pelo irmão da vítima, foi que o tal médico tomou a atitude de atuar no exercício da sua profissão. O que infelizmente, foi tarde demais.
Mesmo diante da constatação de óbito, o médico entrou em contato com o SAMU para pedir socorro. Ao chegar, os profissionais do SAMU também constataram a morte do paciente.
Inexplicavelmente, o corpo do jovem foi encaminhado para o IML de Petrolina. O procedimento correto seria o médico atestar a morte do jovem, emitindo a Declaração de Óbito (D.O. ou Guia Amarela como é conhecida) e ser encaminhado a família para então tomarem as providências legais para o sepultamento, o que não ocorreu.
Tal atitude reforça a tese que o médico tentou se esquivar mais uma vez de sua responsabilidade, transferindo esse ônus ao médico legista do IML.
Acreditamos, primeiramente, na justiça divina, esta que, sobretudo, trará à tona a mais pura verdade dos fatos.
Confiamos também nas dezenas de testemunhas que presenciaram a atitude negligente do médico Dr. Ezir Araújo, sobretudo, nas imagens do circuito de segurança das câmeras internas da clínica.
Então, se a clínica acionou a polícia científica para retirada do corpo é porque houve um crime? Outra, porque que a Clinical Center se negou a emitir o recibo do pagamento da consulta?
Para a família e os demais pacientes que presenciaram tudo, está comprovado o ato criminoso cometido pelo médico.
Diante disso, só nos resta compartilhar a verdade para a sociedade! O intuito da família é apenas que a sociedade petrolinense saiba da realidade dos fatos. Que a mais pura justiça prevaleça e que os responsáveis sejam devidamente punidos.
No mais, nos resta pedir a benção do Pai Celestial, para que ilumine as investigações policiais e trabalho dos operadores do direito. Acreditamos em Deus que a verdade prevalecerá!
Compartilhem esta nota de esclarecimento para que todos tomem conhecimento do que, de fato, aconteceu.
Cordialmente,
A Família Enlutada”.

Informações do Blog Waldiney Passos 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..