Merendeiras de escolas da rede estadual vão deliberar em assembleia possível paralisação geral


As merendeiras que atuam nas escolas da rede estadual em Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Afrânio e Dormentes – todas no Sertão do São Francisco – estão sendo convocadas para uma assembleia geral extraordinária pelo sindicato da categoria, o Siemaco-PE. O encontro acontecerá nesta sexta-feira (15), em frente à Gerência Regional de Educação (GRE)/Médio São Francisco, na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio, às 8h.
De acordo com o presidente da entidade, João Soares (foto), a pauta a ser deliberada é a possibilidade de uma paralisação geral das merendeiras, até que sejam pagos os salários referentes a maio, junho, julho e agosto por parte do Governo de Pernambuco. O Siemaco-PE também reivindica a regularização da nova empresa terceirizada, responsável pelo pagamento das profissionais. (Foto: Marco Aurélio)

Blog do Carlos Britto 

Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..