Caso Beatriz: Polícia Civil pede prudência e diz que já apura em Lagoa Grande informações sobre acusado do crime


A assessoria de imprensa da Polícia Civil de Petrolina pediu prudência com a informação de um suspeito de ser o assassino confesso da menina Beatriz. A informação é que os investigadores estão em Lagoa Grande ouvindo um suspeito, preso acusado de outro crime, de matar uma pessoa a pedradas. A foto do acusado circula nas redes sociais e "aparência" com a foto divulgada pelo assassinato da menina Beatriz despertou os internautas. De acordo com informações foi preciso ampliar a segurança na Cadeia Pública de Lagoa Grande visto que parte da população queria "linchar" o acusado.
O suspeito virá para Petrolina e será realizado a análise de sangue para conferir.
A assessoria da polícia solicitou prudência e disse que assim que concluir a apuração informa a imprensa. Novas informações a qualquer momento.

Redação Blog


Compartilhe em seu

Postagens relacionadas

Indentifique-se e não seja vulgar!
Obrigado..